0
0 Flares 0 Flares ×

Agora somos só nós e os outros. O Orkut tornou-se, oficialmente, brasileiro. A Índia, último grande país conectado em que a rede social do Google liderava – e um dos únicos em que liderou até hoje – passou a adotar, em sua maioria, o Facebook,  a maior rede social do mundo, com 500 milhões de usuários.

Criado no mesmo ano do Orkut, em 2004, o Facebook saiu derrubando a liderança de redes sociais locais a rodo pelo mundo todo. Caíram BeboHi5Friendster e até o MySpace, outrora maior rede social do mundo e, hoje, menor do que o infantil Habbo Hotel.

Redes sociais em 2008. Fonte: www.lemonde.fr. Clique para ampliarRedes sociais em 2008. Fonte: www.lemonde.fr. Clique para ampliar

Redes sociais hoje. Fonte: www.vincos.it. Clique para ampliarRedes sociais hoje. Fonte: www.vincos.it. Clique para ampliar

Toda a Europa é do Facebook (menos Holanda, Hungria e Polônia). Países da África, da Oceania, do Oriente Médio. Todos adotaram a rede como a principal. A América inteira – do Sul, Central e do Norte – escolheu o Facebook. Quer dizer, menos o Brasil e o Paraguai – que curiosamente também usa o Orkut. E a Ásia, bem, essa continua com as redes locais, que são muito fortes por lá.

Saldo final: ficam Brasil, Paraguai e a Ásia toda de um lado, pois possuem redes sociais locais e que não conversam entre si. E o resto do mundo do outro, numa rede  só em que usuários de diferentes nacionalidades podem compartilhar, num mesmo espaço, amigos, fotos, vídeos e links. É meio assustador, praticamente uma internet dentro da internet. Mas, do lado de cá, há uma sensação de isolamento. Sim, estamos sozinhos.

É esse mesmo sentimento de solidão – misturado com o fato de uma rede social mundial ter se formado – que está pressionado o crescimento do Facebook por estas bandas. O motivo é simples: se tenho um amigo em Portugal, por exemplo, não adianta nada falar que tenho Orkut. Ele nem vai saber do que se trata. Vai querer falar comigo é pelo Facebook.

“É um mundo globalizado. E brasileiros, com muita frequência e com uma economia forte, estão viajando pelo mundo. Com amigos brasileiros, eles falam pelo Orkut. Mas o que acontece quando os amigos são do exterior? O Facebook é a rede social padrão hoje no mundo”, explicou ao ‘Financial Times’ Alex Banks, responsável por pesquisas sobre o Brasil no ComScore (instituto que indicou a reviravolta das redes sociais na Índia).

Esse comportamento está mudando o cenário das redes sociais no Brasil. Desde 2004, quando tornou-se o gigante que é por aqui, o Orkut nunca teve uma real competição. Sempre foi usado por cerca de 70% dos internautas, número que mantém até hoje. Daí chegou o Facebook. Hoje, 20% dos internautas brasileiros acessam a rede no País, de acordo com o ComScore. Para comparação, o MySpace, em seu auge no País, chegou a 3%.

Não há dúvidas, o Orkut ainda é gigantesco no Brasil, tem 29 milhões de usuários. Mas cresce devagar. Em um ano, aumentou 27% em número de usuários. Segundo o ComScore, esse aumento só ocorreu porque a internet no Brasil também cresceu. Não porque houve maior interesse no site.

Já o Facebook cresce rápido. Quando foi traduzido para o português, há dois anos, tinha só 138 mil usuários. Há um ano, chegou a 1,3 milhão. Hoje, possui 8,2 milhões. Isso se traduziu num crescimento de 524% em um ano.

Curva de crescimento de Orkut e Facebook no último anoCurva de crescimento de Orkut e Facebook no último ano

O que podemos entender nisso tudo? Nas redes sociais, há uma regra de ouro: as pessoas permanecem onde a maioria de seus amigos está. Até hoje, não houve uma outra rede no Brasil em que, maciçamente, seus amigos estivessem. Todos estavam no Orkut e pronto.

Só que quando muitos de seus amigos começam a usar outra rede – e 20% da internet brasileira está – você começa a avaliar se não seria o caso de estar também. E seus amigos fazem o mesmo. E daí vira uma bola de neve. E pode começar uma migração de uma rede para a outra. Nos EUA, já ocorreu isso entre Friendster e MySpace. E, depois, entre MySpace e Facebook.

Por último, tecnologicamente, o Orkut está defasado. Enquanto o internauta se acostuma a publicar coisas no perfil a partir de outros sites ou aplicativos – coisas que o Twitter e o Facebook permitem -, o Orkut ainda é extremamente fechado. Você não pode fazer com que seus tweets, por exemplo, apareçam na sua linha do tempo.

Por mais que o Orkut tenha mudado de cara no ano passado – e váadicionar novas funções em breve -, ainda tem ar de 2004. Muitas funções de outras redes  foram copiadas. Mas não funcionam tão bem como nos sites originais. Conversar pela linha do tempo do Orkut, por exemplo, não é tão dinâmico quanto pela linha do Facebook.

Então, junte tudo. Estamos sozinhos no mundo. Facebook cresce no Brasil. Orkut está atrasado. Tudo isso já permite a dúvida: até quando o Orkut vai ser rei no Brasil?

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário sobre esté Post do Blog

Comente a Publicação