0
0 Flares 0 Flares ×

50 coisas que todo estudante de design deveria saber

Jamie Wieck, designer do estúdio inglês Airside, escreveu há algum tempo um post muito interessante intitulado “The 50 Things Every Graphic Design Student Should Know” no qual compila algumas dicas essenciais para estudantes de design e, por que não, designers iniciantes. Algumas delas são óbvias, outras nem tanto, mas todas transmitem idéias de maneira simples e breve. São pensamentos que surgiram de conversas e discussões com outros profissionais e carregam uma sabedoria que pode-se levar algum tempo para acumular. Praticamente mantras.

Resolvi então colocar aqui as 10 primeiras, numa tradução mais do que livre, e recomendo que todos visitem o post original, vale a pena.

1. Você não é o primeiro.

Atualmente, existem muito poucos “primeiros”. Muitos outros já abriram studios, trabalharam como freelancers ou fizeram estágio. São coisas que você pode fazer.

2. Sempre há alguém melhor.

Independentemente do quão bom você é, sempre haverá alguém melhor. É incrivelmente fácil perder tempo se preocupando com isso.

3. Sucesso não é um recurso finito.

A escola promove uma mentalidade de soma-zero: a de que alguém precisa perder para que você possa ganhar. Na verdade, o sucesso do outro não limita o seu.

4. Você não pode marcar um gol se o gol não existir.

Se você não tem um objetivo, como poderá buscá-lo? Ter um objetivo define um ponto de chegada, e subseqüentemente, um ponto de partida.

5. Começar qualquer coisa requer energia.

É preciso muito mais energia para começar algo do que para parar. Essa é uma verdade para a física, para a sua carreira e para aquele projeto no qual você precisa trabalhar.

6. O caminho para o mercado é mais fácil do que você pensa.

Para entrar na indústria você só precisa de três coisas: um ótimo portfolio, energia e uma personalidade bacana. Muitos se esquecem do último atributo.

7. Tenha uma auto-imagem positiva.

Sua auto-percepção é o seu recurso mais importante. Enxergue a si mesmo como a pessoa que você quer ser e os outros também enxergarão.

8. Tenha um website simples e clean.

Um portfolio online é o alpha e o ômega da sua carreira. Com tantas possibilidades de web services existentes, não há desculpa para não ter um website.

9. Seja o curador do seu trabalho.

Nunca pare de editar seu portfolio. Três peças muito boas são melhores do que dez fracas – ninguém procura por quantidade e sim qualidade.

10. Escute seus instintos.

Se o seu trabalho não te excita, então ele não excita mais ninguém. É difícil fingir paixão por um trabalho medíocre: jogue-o no lixo.

E então, gostou? Para ler todas as 50, vá até o post original.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário sobre esté Post do Blog

Comente a Publicação